III Festival Internacional de Órgão começa no Gradil e na Ericeira

De 27 de abril a 12 de maio, Mafra celebra a sua cultura organística. As Igrejas de São Silvestre, no Gradil, e de São Pedro, na Ericeira, recebem os concertos do primeiro fim de semana do III Festival Internacional de Órgão de Mafra, contando com a presença de importantes nomes da música nacional e internacional. Aceite as sugestões da Câmara Municipal de Mafra para 27 e 28 de abril.

O concerto inaugural, no dia 27 de abril, às 21h30, na Igreja de São Silvestre, no Gradil, terá como intérpretes o organista Rui Paiva, juntamente com o flautista Pedro Couto Soares, apresentando um programa com obras dos séculos XVII e XVIII, de compositores como Castello, Pachelbel e Bach, intitulado “A Lira de Apolo”.

A jovem organista russa Olga Zhukova aposta na transposição dos limites temporais (e geográficos) do órgão da Igreja de São Pedro, na Ericeira. As chaconnes e passacailles, de autores alemães do século XVIII, são apresentadas, lado a lado, com a música minimalista de Philip Glass. O concerto realiza-se no dia 28 de abril, às 17h30.

O III Festival Internacional de Órgão de Mafra – organizado pela Câmara Municipal de Mafra, com o apoio do Palácio Nacional de Mafra e da Vigararia de Mafra e o patrocínio da Caixa de Crédito Agrícola Mútuo de Mafra – constitui, por excelência, o momento de celebração, divulgação e valorização deste património singular.

Atualização:

Concerto do dia 4 de maio com lotação esgotada.

Consulte o programa completo.